17/03/14 08:59

Curitiba: Salão do turismo apresenta novos roteiros para Lemiski e Lazzarotto

A Prefeitura de Curitiba apresentou para empresas de turismo dois roteiros que cultuam dois grandes artistas da cidade: Paulo Leminski e Poty Lazzarotto. O pré-lançamento foi feito no dia 14 de março no estande do Instituto Municipal de Turismo (Ctur) no Salão Paranaense de Turismo, que está sendo realizado no centro Expo Unimed Curitiba.

Os roteiros, que ainda receberão sinalização própria antes de serem lançados para a população, terão como referência os painéis de Poty Lazzarotto e alguns locais frequentados por Paulo Leminski, espalhados pela cidade. Eles serão autoguiados, ou seja, o interessado em realizar o passeio vai se localizar por meio de sinalização turística própria, que será implantada na cidade, e de um mapa contendo os atrativos e informações do respectivo roteiro.

O presidente do Ctur, Paulo Colnaghi, conta que o desenvolvimento do roteiro teve a participação da família dos dois artistas, além de contar com o auxílio do urbanauta Eduardo Fenianos. “É um tipo de que só vem aumentando no mundo inteiro e, além de mostrar a cidade, revela a cultura de Curitiba e dois ícones da cidade”, diz Colnaghi.

Para o presidente da Federação Paranaense de Turismo, Sérgio Sato, esse tipo de roteiro é fácil de divulgar para quem deseja conhecer Curitiba. “Valoriza a arte da cidade e dá outro olhar para ela, mostrando obras de arte ao ar livre, coisa muito comum na Europa. É bom ver essa iniciativa sendo feita aqui e esperamos que seja seguida por outros municípios”, diz Sato.

Roteiros

“A Curitiba de Leminski” tem como destaque a casa onde o poeta morou na infância, o colégio que estudou, locais que costumava frequentar como livrarias, restaurantes e cafés, a Pedreira Paulo Leminski e o Estádio do Atlético Paranaense.  São 30 pontos, dentre os quais estão bares, restaurantes e locais comuns que o poeta criou muitas de suas obras.

Serão criados, ainda, espaços dedicados poeta, como a construção de um espaço cultural na Pedreira Paulo Leminski, uma estátua (em local ainda a ser definido), e a execução de algumas ações de divulgação como a plotagem dos ônibus da Linha Turismo (em 2014) com os traços do bigode do artista, uma de suas características marcantes.   

Paulo Leminski sempre chamou a atenção por sua intelectualidade, cultura e genialidade. Dono de uma extensa e relevante obra, tinha um jeito próprio de escrever poesia, preferindo poemas breves, muitas vezes fazendo haicais, trocadilhos, ou brincando com ditados franceses.

Músico e letrista, Leminski fez parcerias com Caetano Veloso, o grupo A Cor do Som e o a banda de punk rock Beijo AA Força. Foi um estudioso da língua e cultura japonesas. Sua obra literária tem exercido marcante influência em todos os movimentos poéticos dos últimos 20 anos. Morreu em 7 de junho de 1989.

Poty e os painéis

Os painéis do gravador, ilustrador, muralista, professor de artes e artista plástico Poty Lazzarotto espalhados pela cidade, e que ornamentam diversos espaços públicos de Curitiba, serão unidos em um roteiro turístico que passa na Praça TiradentesPalácio IguaçuTorre PanorâmicaTeatro Guaíra ou naPraça do Homem Nu (Praça19 de Dezembro). A proposta é que os interessados conheçam esses pontos de bicicleta, em um caminho de 12 quilômetros.

Turistas e moradores poderão ver as obras deste curitibano, nascido em um 29 de março, mesmo dia do aniversário de Curitiba, e um dos nomes mais representativos das artes no Brasil.

São painéis de cimento ou ladrilhos, mas todos com o traço e estilo característico de Poty.  Ele morreu em Curitiba, no dia oito de maio de 1998.